quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Sweet Revenge - 11º


P.O.V's Justin Bieber
Londres, Inglaterra - 08:03 am

Depois de quase meia hora falando ao telefone com Caren ela finalmente desligou. Eu estava com problemas em casa e ela insistiu para que fossemos ao cinema hoje a noite. Terminei o meu café e subi até o quarto de Lucy. Ela estava deitada na cama virada com os olhos marejados.

Justin: Você quer comer alguma coisa ?

Lucy: Onde está seu pai ?

Justin: Não sei.

Lucy: Você não pode deixar ele machucar Kendall, a culpa não é dela.

Justin: Eu não posso fazer nada. E também não quero me meter nisso Lucy. Você sabia que não era pra trazer ninguém aqui, principalmente quando Jeremy não está de bom humor.

Lucy: Eu estava me sentindo sozinha e queria conversar com ela. - chorou.

Justin: Tá vendo no que isso deu ? E me poupe do seu drama. Se continuar assim ele já te manda embora, então se controla.

Lucy: Você é tão grosso.

Justin: Me desculpa, mas é só a verdade. 

Disse e sai do quarto, fechei a porta e já pude ouvir seu choro. A Lucy é otária de ter continuado uma coisa que não existe com o Jeremy, a culpa é toda dela e ela sabe muito bem disso. Desci até a garagem e antes que pudesse entrar pude ouvir os gritos de Jeremy e o choro da Kendall. O que ele estava fazendo agora ? Entrei no lugar e desci as escadas o mais rápido que pudia.

Justin: Larga isso Jeremy, você tá assustando ela. - disse e fui até Jeremy segurando seu braço e tirando a faca de sua mão.

Jeremy: Eu já não mandei você ficar lá em cima ?

Justin: Ela precisa comer, ou quer matar ela também ?

Jeremy me olhou furioso e saiu de lá, coloquei a faca em cima da janela e fui até Kendall que estava completamente molhada e tremendo de frio.

Justin: O que é isso ?

Kendall: Ele jogou água em mim. - disse e logo após começou a chorar tremendo. Jeremy é um ser da pior espécie, ele já estava sendo cruel demais.

Justin: Você fez alguma coisa ?

Kendall: Não.

Justin: Ok, a sua perna tá melhor ?

Kendall: Não, não mexe. - disse rapidamente e  afastou minha mão.

Justin: Você não pode ficar molhada, eu vou pegar alguma roupa da Lucy pra você tá bom ? - ela assentiu. - Fica ai.

Kendall: Como se eu tivesse escolha. - murmurou.

Subi e abri a porta, Jeremy estava do outro lado do jardim conversando com os seguranças, fui até o quarto de Lucy e revirei seu roupeiro procurando algo para Kendall. Lucy não percebeu minha presença e continuou dormindo. Depois de pegar a roupa desci novamente, destranquei a porta e fui até Kendall que continuava na mesma posição de antes.

Justin: Pega, eu acho que vão servir. - entreguei a ela as roupas e a mesma ficou me encarando. - O que foi ?

Kendall: Eu preciso me vestir.

Justin: Já entendi. - Subi até as escadas e fiquei esperando ela se vestir, depois de uns 5 minutos olhei para baixo e vi Kendall apenas com sua peça intima, seu corpo era bem definido debaixo daquela roupa toda. O sutiã vermelho deixava seu peito mais avantajado, se eu não estivesse nessa situação diria que estaria excitado por vê-lá se trocando. Kendall passava a calça por sua perna com um pouco de dificuldade, aquilo realmente estava feio e ela precisava ir ao médico levar ponto. Assim que ela gritou dizendo que eu pudia descer fui até ela.

Justin: - cocei a garganta - Ficou boa em você a roupa ?

Kendall: Sim. - sorriu fraco. - Eu posso pedir uma coisa ?

Justin: Já disse que não posso tirar você daqui a agora Kendall.

Kendall: Eu já sei disso Justin.

Justin: Então o que é ?

Kendall: Deixa eu falar com meu pai, não precisa demorar. Eu só quero saber como ele está.

Justin: Não da.

Kendall: Por favor Justin.

Justin: Eu preciso subir.

Sai de lá antes que Kendall insistisse mais e eu acabasse deixando, eu sei que o meu pai iria acabar descobrindo isso de algum jeito.

[...]

Olhei a hora em meu relógio de pulso e já eram quase 19:00 horas, coloquei minha jaqueta e meu óculos pegando as chaves do carro. Fui até Jeremy que estava em seu escritório falando ao telefone.

Jeremy: Ah sim sim, eu preciso desligar. Amanhã ligo. Fechou. - disse por fim e desligou. - O que quer ?

Justin: Eu vou sair com a Caren.

Jeremy: Já vai comer aquela vagabunda ? - riu sinico.

Justin: Já disse pra tratar ela com respeito.

Jeremy: Já disse que quem manda aqui sou eu, e não você. Veio me avisar que vai sair porque ? Não tenho nada haver com o que você faz ou deixa de fazer Justin.

Justin: Só queria pedir pra que não faça nada a Kendall.

Jeremy: Porque tá se importando com ela ? Já pegou ela também ?

Justin: Você é idiota ou se faz ? O pai dela é policial, se fizer alguma coisa é capaz dele até te matar imbecil. - Jeremy ficou calado então eu sai dali, iria falar com Lucy mas a porta do quarto estava trancada, ela deveria estar dormindo ou tomando banho. Fui até meu carro e parti para o apartamento de Caren, havia duas chamadas dela perdida no meu celular, eu estava atrasado e ela odeia quando eu deixo ela esperando. Deixei o carro em frente ao belo prédio e fui até a portaria, o guarda me deixou entrar então fui para o elevador, eu não gosto muito de andar nisso mas se eu fosse de escada iria me atrasar mais ainda. Assim que parei no andar dela, apertei sua campainha e lodo depois ela abriu a porta.

Caren: Que horas a gente tinha combinado ? - disse me olhando brava -

Justin: Me desculpa. - entrei e fechei a porta, Caren me olhava brava ainda, segurei sua cintura a beijando -

Caren: Preciso ligar pra minha mãe, espere um pouco. - assenti. Caren foi até seu quarto e eu fui direto a sua geladeira, procurei por algo para beber e não havia nada ali. Fui até se quarto e me deitei em sua cama a olhando conversando com sua mãe. Caren falava ao telefone e ajeitava seus cabelos, ela é incrivelmente sexy e provocante. Sempre achei que nosso namoro não iria dar certo por conta do meu pai, mas até agora ela não sabe de nada a respeito dele.

Caren: Justin levanta e vamos logo.

Justin: Você tá muito extressada hoje, aconteceu alguma coisa ?

Caren: Eu fiquei falando horas e horas com você hoje pela manhã no telefone mas parecia que eu estava falando sozinha.

Justin: Desculpa, eu to com alguns problemas em casa.

Caren: Que problemas ?

Justin: Não é nada de mais.

Caren: Então fica assim, escondendo as coisas de mim. - bufou e saiu até o carro.

Justin: Caren espera. - gritei. Fechei sua casa e fui até lá embaixo pelas escadas já que ela estava no elevador. Consegui chegar na mesma hora que ela e segurei sua mão, abri a porta do carro e fomos até o restaurante que ela queria ir. Ao chegarmos lá desci do carro e abri a porta para Caren, segurei sua mão e entramos no local. Era meio brega aquele lugar, eu prefiria estar em uma festa mas tudo bem. Fizemos nossos pedidos e ficamos fitando o nada.

Justin: Não vai me contar o que aconteceu ?

Caren: Já disse que não é nada.

Justin: Então para de ser grossa.

Caren: Eu não to sendo grossa. - gritou fazendo todos ali nos encarar - Me desculpa amor.

Justin: Tá tudo bem, isso deve ser a famosa tpm. 
[...]

Caren: Onde vamos ? - me olhou sorrindo logo após de sairmos do restaurante.

Justin: Tava pensando numa balada, o que acha ?

Caren: Eu queria ficar sozinha com você.

Justin: Tudo bem, vamos pra minha casa. - Caren estava mais chata do que o normal, liguei o carro e fomos para minha casa. Só espero que nada esteja acontecendo lá e que Jeremy já esteja dormindo. Eu precisava ficar fora daquela casa, aquilo já estava passando dos limites e se a policia for lá estamos todos fodidos, menos Kendall que está presa contra sua vontade. Assim que chegamos vi Jeremy saindo da garagem.

Justin: Caren vá subindo até o meu quarto, eu já vou lá.

Caren: Eu espero você Justin.

Justin: Sobe logo Caren. - disse sem paciencia, Caren me olhou e entrou rapidamente.

Esperei ela entrar e fui até a garagem.

Jeremy: Pra que trouxe essa vadia pra cá ?

Justin: Eu já mandei você respeitar ela. - me aproximei de Jeremy e lhe socou a boca.

Jeremy: Você perdeu a noção garoto ? - gritou

Ouvi um choro vindo da garagem e quando fui me aproximar Jeremy me empurrou na parede me dando um soco no estomago.

Jeremy: Não importa se você é meu filho, se você não seguir a regras que todos seguem você vai visitar sua mãe mais cedo.

Jeremy saiu passando a mão sobre sua boca e só então eu pude gemer de dor, fui até Kendall e vi que ela estava com os olhos cheios de lágrimas e com a boca sangrando.

Justin: Kendall ?

Kendall: Justin sai daqui, porque você ignorou a minha ajuda ? Pelo amor de deus me tira daqui.

Justin: O que ele fez com você ? - me aproximei dela passando as mãos sobre os seus cabelos.

Kendall: O imundo do homem que é seu pai fez eu me humilhar. - chorou desesperadamente. -

Justin: Me diz o que ele fez ?

Kendall: Ele fez eu colocar o pênis dele na minha boca. - me olhou com os olhos vermelhos de raiva.



ooi povo, gente esse capítulo tá uma bosta, porque eu tinha esquecido tudo que ia colocar na história :/ continuo com 5 comentários blz ?

4 comentários:

  1. :O eu to pasma com esse Jeremy! que ódio que me deu! omg! tadinha! o justin tem que ajudar ela :'( continua logo gata, estava com saudades de você <3 beijos

    ResponderExcluir
  2. divulga por favor? http://shawtydojuss.blogspot.com.br/ obg amore!

    ResponderExcluir
  3. Divulga por favor? Obrigada (: http://iimagine-beliieber.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir